Wiki for standards/pt

From Meta, a Wikimedia project coordination wiki
Jump to navigation Jump to search

Em agosto de 2004 Robert Hornig apresentou a primeira proposta para um wiki sobre padrões (vide WikiStandards para ver a proposta original). Agora esta proposta, que foi reformulada, está sendo apresentada novamente devido ao interesse expressado durante a Conferência para Padrões Lingüísticos realizada em Berlim (12 e 13 de dez. 2005) [1]. Um número significativo de membros da comunidade de padrões lingüísticos indicou aqui em Meta, que está interessado em apoiar ativamente este projeto.

Interesse por parte da comunidade de padrões lingüísticos[edit]

Eis apenas algumas das pessoas que expressaram o seu interesse em colaborar num projeto WikiStandards patrocinado pela Wikimedia:

  • Professor Alan K. Melby, Brigham Young University, membro do conselho administrativo e presidente do Comitê para Tradução e Computadores, Associação Americana de Tradutores, bem como muitas outras filiações, veja seu CV
  • Donald A. DePalma, Presidente e CRO: Common Sense Advisory, Inc.; autor de: Business Without Borders (Negócios sem Limites), membro do conselho de diretores da Associação para Globalização e Localização (GALA), presidente do Language Standards for Global Business Summit, para maiores informações : www.commonsenseadvisory.com/about_us
  • Keiran Dunne, Professor-assistente de francês, Pennsylvania State University
  • Dr. Jennifer DeCamp, engenheira-chefe da MITRE Corporation, um Centro de Pesquisa e Desenvolvimento subsidiado a nível federal, ali ela realiza testes de software e consultoria em tecnologias para línguas estrangeiras. Ela trabalha com assuntos relacionados à localização desde os anos 1970.
  • Peter Reynolds, Lionbridge Technologies, que se ocupa de XLIFF e padrões para serviços de tradução na Web.
  • Tex Texin, Internationalization Architect, Yahoo, Inc. Tex Texin há muitos anos vem oferecendo serviços de globalização que incluem treino, estratégia e implementação para a indústria de software. Veja aqui alguns detalhes.

Mesmo que o interesse seja grande, é importante que o projeto possa ser levado adiante rapidamente, antes que se perca o pique e o projeto seja dividido em muitos projetos menores, o que realmente iria contra a intenção inicial.

Motivação e finalidade[edit]

A tarefa de WikiStandards será discutir padrões e formular esboços no wiki. Textos enciclopédicos informativos deverão ser redigidos na Wikipédia. Já que é de suma importância que padrões se tornem conhecidos para que se transformem realmente num padrão, muitas pessoas na conferência indicaram que estariam dispostas a traduzir estes artigos também para outras línguas, assim como para outras Wikipédias. A terminologia a respeito de padrões teria o seu lugar no WiktionaryZ (nome sugerido para substituir o "Ultimate Wiktionary").

O próprio WikiStandards será um novo projeto individual. Ele não se enquadra na categoria Wikilivros, já que as discussões e os esboços serão trabalhos originais desenvolvidos pelas comunidades ligadas a padrões. Haverá um portal dedicado aos padrões lingüísticos, mas logicamente esperamos, que também consigamos interessar outras comunidades por padrões. WikiStandards também irá utilizar os conteúdos de nossos outros projetos.

Uma das razões porque um wiki deste tipo faz sentido está no fato de a Wikimedia Foundation ser famosa por sua neutralidade (NPOV), ela não faz parte do mundo acadêmico ou de negócios e outro fator não menos importante é a sua ampla experiência no manuseio de enormes quantidades de dados. Esperamos que ocorram grandes sinergias entre a comunidade de padrões e a comunidade da Wikimedia.

No nível mais básico os wikimedianos ajudarão os especialistas em padrões a se familiarizarem com o tema e a estruturar o wiki de modo sensato. Porém, temos também uma necessidade especial de participar e acompanhar de perto os processos de padronização, em especial no que se refere a padrões lingüisticos, já que os utilizaremos cada vez mais em nossos projetos.

No site do Unicode, a Wikipedia é o único site que se destaca por usar UTF-8. Através do projeto WiktionaryZ tornar-se-á ainda mais importante apoiar padrões, pois teremos todas as línguas e gente de TODOS os locais usando um único banco de dados. Estamos pensando em utilizar padrões como CLDR (Common Locale Data Repository) para a localização e TBX (TermBase eXchange) para exportar terminologia. Futuramente talvez cheguemos a usar até TMX (Translation Memory eXchange) para a integração do WiktionaryZ nas ferramentas padronizadas de Computer-assisted translation (CAT - tradução assistida por computador ). Outros padrões serão relevantes para as relações entre os dados e outros metadados.

No processo de padronização a Wikimedia estabelecerá apenas um padrão próprio: o padrão da liberdade. Qualquer padrão, no sentido mais amplo da palavra, que adotarmos em nossos projetos terá de ser completamente documentado, de livre uso e implementação, ou já de antemão não o consideraremos um padrão. Qual melhor meio de assegurar isto, senão estando envolvido no processo de padronização como parte neutra?