Diálogo dos Capítulos/Percepções/Ocultação e insegurança e Exploração de novos territórios

From Meta, a Wikimedia project coordination wiki
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Chapters Dialogue/Insights/Hiding, insecurity and exploring new territory and the translation is 100% complete.
Other languages:
English • ‎Nederlands • ‎Türkçe • ‎dansk • ‎español • ‎français • ‎português do Brasil • ‎български • ‎العربية • ‎سنڌي • ‎தமிழ்
Diálogo dos Capítulos

Chapters Dialogue Header.jpg

Como a WMF vê os capítulos?

Funcionários da Fundação Wikimedia

A Fundação Wikimedia (WMF) coloca grandes esforços para melhorar os projetos e torná-los ainda mais bem-sucedidos. Entre outras coisas, eles mantêm o volume gigantesco de tráfego, trabalham de forma constante na melhoria das plataformas e resolvem questões jurídicas de grande complexidade, a fim de defender a ideia do Conhecimento Livre. A WMF está enfrentando uma grande pressão do público e precisa de coragem e força para defender e proteger os valores da Wikimedia.

Além dessas responsabilidades, também é a principal organização de concessão de subsídios no movimento global. De subsídios para indivíduos afinanciamento de plano anual de organizações da Wikimedia, a WMF dissemina o dinheiro que foi confiado ao movimento por milhões de doadores.

Portanto, o valor principal do WMF é a confiança dos doadores e sua principal tarefa é a de tratar o dinheiro do doador de forma responsável e para proteger os projetos da Wikimedia, a marca, as marcas registradas e sua integridade. A partir desta perspectiva, os capítulos podem ser um risco:

Certas ações podem fazer mal intencional à marca, o dinheiro dos doadores poderia ser gasto de forma irresponsável, as questões de governança ou de outro "escândalo na Wikiterra" poderia afetar a reputação de todo o movimento. A fim de cumprir as suas principais responsabilidades, a WMF às vezes precisa tomar ações que nem sempre são do interesse de um capítulo, mas que são razoáveis considerando a sua posição e deveres.

Há de se considerar que a WMF é uma organização que está evoluindo também. O movimento cresceu rapidamente, assim como o número de filiados, os fundos que precisavam ser administrados e os projetos que exigiam atenção. A complexidade cresceu enormemente e, devido às suas atividades de alto impacto globais, todos os tipos de desafios emergentes precisavam ser abordados. A WMF sempre tenta fazer o melhor trabalho possível, mas não é perfeita ou: algumas decisões poderiam ter sido baseadas em um diálogo mais amplo e de empatia mútua; outros eram vistos como sendo muito mal comunicados. Isso alimentou a percepção da WMF de ser inacessível, um pouco imprevisível, mesmo "malvada" para com os seus capítulos.

O que torna as coisas ainda mais complicadas é o fato de que cada capítulo se envolve em diferentes atividades e está inserido em um contexto altamente individual. Consequentemente, a WMF está lidando com quarenta organizações, das quais nenhuma é igual à outra. Mas a WMF precisa ter uma visão geral das coisas e nem sempre pode antecipar a situação individual de cada organização única.

Ocultação e insegurança

Assim como avestruzes, alguns capítulos tendem a se esconder

Como conseqüência, alguns dos capítulos não tiveram certeza sobre como a WMF os percebia.

“Eles entendem a minha situação e minhas necessidades?”

“Eles se importam?”

“Eles valorizam meu trabalho?”

“Eles confiam em mim?”

Essas perguntas ficaram sem resposta e, portanto, estavam causando insegurança. A fofoca começou, os títulos foram formadas e uma lacuna foi criada: há "esta WMF", que é uma grande, poderosa organização, muito longe em São Francisco. Esta distância foi percebida não só a nível geográfico, mas também emocionalmente.

A insegurança permanente dos capítulos e o poder percebido da WMF levou um par de capítulos em vigor esconder-se. "Ao invés de estar no radar, é melhor eu ficar tranquilo e segura". Alguns capítulos, mesmo que não uma escolha consciente, começaram a construção de muros para se esconderem atrás dele.

Diferentes idiomas, fusos horários e uma falta de comunicação face-a-face contribuíram para esse descompasso. E, embora muitas coisas mudaram para melhor, a velha narrativa ainda está presente na cabeça de algumas pessoas. Mesmo se a comunicação e o apoio têm melhorado ao longo dos anos, as feridas antigas reabrem rapidamente.

Explorando novos territórios

Wikimedistas estão explorando novos territórios

Os capítulos estão cientes do fato de que são percebidos como estando sob risco, e isso os deixa em uma posição bastante desconfortável. Eles observam que precisam provar que valem a pena ser investidos e estão desejosos de provar isso - mas como?

As atividades que a Wikimedia pode descrever como exploração de novos territórios. O movimentos está fazendo coisas que ninguém nunca fez antes e não há livros por ai dizendo como fazer. Em vez disso, tudo é questão de tentativa e erro. Todas as organizações precisam experimentar para criar espaço para novas ideias e inovações e explorar qual abordagem é significativa e razoável em seu contexto individual. Eles precisam estabelecer: quais são as coisas certas a serem feitas?

Isso não é tão fácil, já que há um sentimento de insegurança entre os capítulos, considerando seu reconhecimento e apreço pela WMF. Como consequência, os capítulos estão aderindo á coisas que outros fizeram e que receberam um grau de aprovação, reconhecimento e financiamento. Afinal, parece ser uma aposta segura. As pessoas não querem estar demasiadamente no radar com novos experimentos. Novamente isso está em desacordo com o desejo de experimentar e criar atividades que se adequam ao seu contexto original e as suas necessidades correspondentes. Como isso vai com a afirmação do movimento "Seja corajoso!"?

Os capítulos precisam equilibrar experimentos com cuidado com essas "apostas seguras" -, mas é uma tarefa desafiadora. Não são apenas os capítulos que lutam para definir seus objetivos, mas também a WMF. Na verdade, todo o movimento precisa descobrir o que quer alcançar e como isso pode ser feito. Até o momento, o terreno comum é criado por reivindicação do movimento "Imagine um mundo em que cada ser humano pode compartilhar livremente na soma de todo o conhecimento". No entanto, pode ser interpretada de várias maneiras. Até agora, não houve acordo óbvio sobre uma interpretação comum. Mesmo termos básicos como "voluntário", "comunidade" e "impacto" têm sido usados de várias maneiras por diferentes entrevistados. Considerando o fato de que estes são três dos termos mais utilizados no vocabulário do movimento, é compreensível que as pessoas lutem com a definição dos fundamentos.


Learn more about