Iberocoop:Iberoconf 2019/Carta de Santiago

From Meta, a Wikimedia project coordination wiki
Jump to navigation Jump to search
This page is a translated version of the page Iberocoop:Iberoconf 2019/Carta de Santiago and the translation is 100% complete.

Other languages:
Bahasa Indonesia • ‎English • ‎dansk • ‎español • ‎italiano • ‎português • ‎العربية • ‎مصرى
Iberoconf 2019 - Logotipo.svg
Carta de Santiago

Os representantes das organizações reunidas na VI Reunião Iberoamericana da Wikimedia (Iberoconf 2019) em Santiago do Chile entre 8 e 10 de Fevereiro de 2019, desejam comunicar ao Grupo de Papéis e Responsabilidades da Estratégia Wikimedia, à Fundação Wikimedia, à sua Conselho de Administração e ao nosso movimento global, as seguintes reflexões:

A Iberocoop foi fundada em 2011 com o objectivo de fortalecer a comunidade Wikimedia na Iberoamérica, através da criação e desenvolvimento de organizações locais. Dez anos depois, temos nove capítulos na região; além disso, a criação de um novo modelo de afiliação, os grupos de utilizadores, com requisitos e procedimentos mais simples, eliminaram algumas das barreiras que impediam que muitos grupos locais se organizassem num afiliado Wikimedia, permitindo que se formassem mais cinco grupos.

Este é um resultado que deve ser celebrado, mas não devemos ser complacentes. Se queremos chegar a todas as pessoas do mundo, devemos ir mais além no fortalecimento dos grupos locais, permitindo-lhes obter os recursos que precisam, e crescer, trabalhar juntos e expandir o nosso alcance às áreas que ainda não cobrimos no movimento.

Ao mesmo tempo, o crescimento dos últimos anos tem posto em destaque alguns desafios do modelo actual, incluindo um desequilíbrio entre os direitos e os requisitos, e a criação de novos grupos por vezes liderados por conflitos pessoais no lugar da vontade de contribuir para a globalização do movimento. O processo da Estratégia 2030 dá-nos a oportunidade de discutir e abordar finalmente estes problemas, algo que se tem atrasado durante anos.

Por isso recomendamos:

  1. Equilibrar os direitos e as responsabilidades permitindo que os grupos pequenos se formem com requisitos ligeiros, mas ao mesmo tempo lhes seja exigido que cumpram com requisitos de transparência e responsabilidade adequados.
  2. Realçar a importância dos capítulos como representantes oficiais do movimento em unidades territoriais (como países ou entidades subnacionais) e definir uma rota clara para aqueles grupos com um foco territorial que desejem se converter em capítulos, mediante uma série de passos definidos e mensuráveis, permitindo um progresso saudável e em sintonia com o espírito colaborativo do movimento.
  3. Ao Comité de Afiliações (AffCom): a fraca regulação actual de verificação da autenticidade de potenciais afiliados pode afectar no longo prazo o espírito do movimento Wikimedia. O estabelecimento de mecanismos mais rigorosos para verificar a qualidade orgânica dos novos membros pode garantir a autenticidade e permanência dos novos afiliados.
  4. Ao Comité de Afiliações: a criação de um suporte de entendimento e negociação que possa obrigar as partes de potenciais conflitos no movimento Wikimedia a manter entre si diálogos de boa fé com o fim de trabalhar juntos, compartilhar objectivos comuns e definir linhas de trabalho, que deve ter lugar antes de se procurar o estabelecimento de novas organizações afiliadas.
  5. À Estratégia 2030: pedimos aos líderes deste esforço que compartilhem este documento entre os diferentes grupos de trabalho.
  6. Aos membros de Iberocoop: fazer um relatório de acompanhamento desta carta entre seis meses e um ano após a sua publicação.

Assinam,